Prostatite: por que incomoda tanto os homens?

A prostatite é a inflamação ou infecção da próstata. Ela ataca, geralmente, homens entre 30 e 50 anos e manifesta-se tanto de forma aguda como crônica. Ela pode aparecer subitamente ou permanecer dormente por meses ou até anos sem causar sintomas. A inflamação pode ter relação com uma infecção bacteriana. Na maioria das vezes é causada por bactérias encontradas no trato urinário ou no intestino grosso. A causa muitas vezes é desconhecida. Confira abaixo algumas delas.


Atividade sexual

Homens jovens em atividade sexual com inflamação da uretra (uretrite) ou doença sexualmente transmissível (DST), como a gonorreia ou a clamídia, são mais prováveis de desenvolver prostatite não bacteriana. 


Inflamação

A inflamação pode ser relacionada por algum agente infeccioso que os testes ainda não podem detectar. 


Ansiedade e estresse

Essa condição pode causar espasmos do músculo do esfíncter urinário e irritar a glândula prostática ou fazer com que fluidos da uretra retornem para o interior da próstata, irritando os tecidos internos. 


Risco maior


Pessoas que tiveram recentemente um instrumento médico inserido na uretra;

Praticam sexo anal; 

Possuem alguma anormalidade no trato urinário;

Tiveram ou têm infecções de bexiga frequentes;

Desenvolveram hiperplasia prostática benigna (HPB).


Principais sintomas


√ Inchaço da próstata e compressão do canal uretral;

√ Febre e calafrios;

√ Ardor intenso ao urinar;

√ Incapacidade de esvaziar a bexiga;

√ Sensação de queimação;

√ Dor nas costas, principalmente na região lombar;

√ Dor abaixo do umbigo e entre os testículos e o ânus.


Os sintomas de prostatite crônica podem aparecer e desaparecer, o que pode dificultar o diagnóstico.


Tratamento


O uso de antibiótico, que é o tratamento mais comum para prostatite bacteriana. O medicamento é indicado pelo urologista de acordo com o tipo de bactéria que está causando a infecção. 

Suplementos naturais são indicados, como vitamina A, C e E, antioxidantes e zinco.

Depende muito da causa. O tratamento pode vir a ser outro.


Mudanças diárias podem promover melhora


Limitar ou evitar bebidas alcoólicas, cafeína e alimentos picantes;

Evitar longos períodos sentado;

Evitar andar de bicicleta;

Beber bastante água;

Fazer banho de assento quente.


Hábitos de vida saudáveis ajudam na prevenção


Dieta saudável;

Prática regular de exercícios;

Bons hábitos de higiene;

Uso de preservativo;

Exames de rotina;

Ingerir bastante água;

Incluir zinco na alimentação;

Evitar bebidas alcoólicas;

Evitar comidas picantes;

Simples hábitos de higiene também podem ajudar.


Todo homem após os 40 anos deve frequentar um médico urologista frequentemente!


Aqui na Policlínica você encontra urologistas altamente qualificados para te atender.


Quer mais orientações sobre saúde? Nos siga no Facebook e Instagram!